5/Destaque/slider

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Cortesia, vale tudo p/ conseguir uma?

6 comentários
Olá, como estão? Eu estou vindo de um grande evento que a Viva Ideia realizou junto com a Access Vip e o Jacaré Pop, o Lançamento do DVD do Forró Pegado. E foi dele que surgiu a ideia desse post, "Cortesia, vale tudo p/ conseguir?"

Eu até já falei sobre um tema parecido com esse, mas senti a necessidade de falar tudo que passei nesse evento. Sabe quando a gente sabe que alguma coisa acontece, mas a gente sempre se surpreende? Pronto, eu, com a loucura do povo atrás de cortesias.

Todo evento que fazemos separamos uma quantidade boa de cortesias, p/ atender a imprensa, aos familiares, aos amigos mais próximos e, principalmente, pessoas influentes que nos ajudam a divulgar no boca à boca. Geralmente são 15% da carga dos ingressos. Encaramos como uma forma de divulgação, que vem nos dando bons resultados.

Mas essa foi a parte, digamos assim, "Boa"! Porque eu vou confidenciar a vocês, cada vez que passa eu me surpreendo com as táticas do povo p/ conseguir uma cortesia. Acontece de tudo e eu acabo escutando de tudo também. Vou contar como foi o evento dessa semana, pois foi um bom exemplo de como acontece.

Fizemos a pré-produção e lançamos a mídia do evento. O primeiro ponto à abordar é que ninguém liga faltando duas semanas p/ o evento p/ pedir uma cortesia, eles deixam p/ ligar no dia da festa. Aí o tempo vai passando.

Dias antes do evento começam a pingar as ligações, mas nada demais, um ou outro que liga. Um dia antes do evento, começam as loucuras, só que na maioria das vezes por email. Recebi um solicitando umas cortesias, já como se tivéssemos a obrigação.

Chega o grande dia. As ligações começam cedo, mas cedo mesmo, umas 8h da manhã. À medida que o tempo vai passando vão aumentando as "Caras de aço", passou do meio dia e não para. Terça fui sendo metralhado por ligações e pedidos de cortesias.

Ligam as pessoas que estão de alguma forma relacionadas ao evento, como o pessoal das bandas, funcionários... Aí vou escutando as aberrações.

Liga um conhecido, da rede de amigos que envolve a banda, que nunca liga, mas toda vez que tem evento ele aparece. "Fala Japonês, e aí, td bem? Como andam as coisas? Como é que vai ser mais tarde? Tem umas cortesias aí?" kkkkk, antes o povo até enrolava mais, mas hoje é direto ao assunto. Aí eu falei que as minhas tinham acabado, verdade, e que entendesse que eu nunca negava, mas infelizmente eu não teria como atendê-lo dessa vez.

Eu chego no escritório e o pessoal que trabalha comigo: "Eitah, tem que chamar Fulano, porque Fulano fez isso, fez aquilo e tal..." Por isso que normalmente pago todos que trabalham, p/ não precisar ficar devendo favor.

Aí ligam os amigos mais próximos e familiares, normalmente esses já tem as cortesias deles, mas outras pessoas ligam p/ eles p/ eles ligarem e conseguirem, pela proximidade que tem. As pessoas se aproveitam, fazem isso porque sabem que é difícil de negar as pessoas que gostamos, só que sei muito bem distinguir.

Aí ligam os sócios da banda, pedindo mais de que já tem direito. Eu entendo demais a situação deles, porque sofrem pressão do mesmo jeito. Mas imagina se tivermos que dar a todos que precisam de mais, estoura o limite em 300%.

Aí vai anoitecendo, começam as ligações loucas. Pessoas que nunca falamos, no máximo "oi-oi", pedindo na cara dura. kkkk eu dou risada depois porque é impressionante a "cara de aço". Ligou uma menina p/ mim terça, que já tinha feito uns trabalhos de divulgação com a gente, pedindo, aí eu disse que não tinha, ela ficou teimando: "Você tem sim, vai rapaz, me dá!!! Tem sim que eu sei..." E a gente tem que pisar em ovos p/ falar com essas pessoas, porque se não saem metendo o pau na gente: "Igor está se achando, negando cortesia todo besta..."

Mas a aberração vem aí. Recebi três ligações que eu fiquei muito impressionado. 1 - Ligou uma menina p/ perguntar se eu já estava na bilheteria, que ela ia pegar uma cortesia. Quando perguntei que cortesia era, ela disse que tinha sido Igor que tinha autorizado. kkkkk, ainda fiquei em dúvida, será que eu prometi mesmo? Aí eu disse, "que Igor?" e ela perguntou quem estava falando, quando disse que era Igor, na mesma hora ela desligou! 2 - Liga uma menina que estava na frente do evento, perguntando se ela provasse que o nome dela era Alaíde (música do Forró Pegado) ela ganharia cortesia. Brincadeira né! 3 - Liga um cidadão dizendo que o ingresso está muito caro, querendo uma cortesia porque não ia pagar aquele valor p/ ver Forró Pegado não. Será que ele não sabe que foi pior dizer isso não, é mesmo que dizer que não ia pagar p/ ver uma "merda" não!

Ligou um assessor de um diretor de um orgão do Governo, que uma vez fizemos um evento p/ eles e até hoje ele liga e fica meio que sondando: "E aí, tudo bem? Como é que vai ser lá hoje? Tá quanto? Compra aonde? Como é que a gente faz lá?" Aí eu, já sabendo o que ele quer, digo: "Como é que a gente faz o que? Num entendi não!" kkkkkk, p/ vê se ele se manca né? Mas não adianta de nada...

Aí eu chego no evento e já vejo aqueles que toda vez ficam no portão de trás p/ entrar na hora da banda. É impressionante a cara de pau deles, eles nos abraçam e vão entrando conversando com a gente, como se a gente fosse doido, né? E as vezes eles já entram no camarim e começam a beber e comer também.

Quando entro no evento começa o povo vindo me reclamar que Fulano está lá fora, isso é um absurdo, que Sicrano está sem pulseira p/ o camarote, que isso não pode acontecer. Mas isso são várias pessoas de uma vez só. E eu tendo que ser bem tranquilo e calmo nessa hora, porque se não já sabe né?

Nessa festa de terça mesmo, eu cheguei as 23:30h e fui ficar um pouco tranquilo só às 02h de tanta correria resolvendo o problema de todo mundo, gente que perdeu a cortesia, gente que não pode deixar de fora, gente que quer pulseira...

E sempre tem um dos sócios que vem com a conversa de que está precisando de tantas, porque chegou tal pessoa que não pode ficar de fora. Sim, mas porque não lembrou disso antes?

Sabe o que é pior, é que quando a gente diz um não, a pessoa fica altamente chateada, parece que ferimos a honra da família dele. Ué!!! Porque não compra??? Vamos fazer um comparativo, vem uma dessas pessoas me pedir cortesia, digamos que ele seja construtor, aí ele me pede e se eu não der ele fica com raiva. Se eu pedir um apartamento à ele, ele vai me dar? Posso ficar com raiva também? Mas não é a mesma coisa não? Porque o produto de venda dele é apartamento, seu ganha pão, e o meu é ingresso, meu ganha pão também! Um prédio passa uns dois anos p/ ficar pronto, em dois anos se a gente fizer um evento à cada semana, dão 4 por mês, 48 por ano e 96 em dois anos, multiplicando por uns R$ 25,00 (média do valor do ingresso) dá R$ 2.400,00, não equivale ao valor do apartamento não.... então me dê as chaves (entrada)? kkkkkkk. Eu já passei isso na pele, uma vez cheguei em um ponto comercial de uma dessas pessoas e de tanto ela me pedir cortesias, quando cheguei lá p/ comprar um produto, se escondeu de mim na hora que me viu. Ele devia estar pensando que eu ia pedir né????? kkkkkk

E mais, essas pessoas, caso a gente ofereça cortesia de um evento nosso que ainda está começando, e que por algum motivo não esteja comentado, não quer não, até aceitam, mas não pisam nem lá!

Sei que eu posso até está errado, mas eu não gosto de pedir não viu, prefiro pagar e não ficar mendigando uma cortesia não. Virou uma loucura hoje em dia, as pessoas querem ser influentes e dizer: "Eu não pago p/ ir em festa não menino!!!" kkkkk, são os chamados "Pirús"

Espero que tenham gostado do post pessoal, abraços do Japa!!!!!!
author profile image
Abdelghafour

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

6 comentários

Divulgação de Eventos disse...

Ow Igor Kawabe tô precisando bater um papinho com você ( se você poder), sobre um evento aqui da cidade e o cara quer trazer o forró pegado só que não tem contato com nenhum de vocês ele perguntou se eu poderia tentar falar com você e eu disse que poderia tentar, min manda ai um e-mail que possa ti enviar uma conversa mais particula ou telefone qualquer coisa que possa entrar em contato...
Abraço..
Ass:Jonathan

Douglas Souza disse...

"...Aí eu disse, "que Igor?" e ela perguntou quem estava falando, quando disse que era Igor, na mesma hora ela desligou!"
KKKKKKKKKKKK A MELHOR FOI ESSA.

Cabe a pessoas inteligentes e dinâmicas tirar de letra esse problema, e você é uma delas.

Estou dando uma lida nos seus posts mais antigos, estou tomando como mais um aprendizado.. Ahh, não podia esqueçer, PARABENS pelas postagens que falam sobre parcerias e lealdade.

ABRAÇO
DOUGLAS SOUZA

ivana disse...

Querido Igor,sabe que sou vidrada nesse blog,aprendo muito,vc nem imagina quanto. Uma coisa ti digo,não que seja orgulhosa,mais pagar é o ideal,evita muita coisa.Vc tá certo sim. As vezes me pego pensando que tudo isso pode ser evitado quando as pessoas deixarem se se rotular. Hoje em dia vale muito o Rótulo e,as pessoas se aproveitam disso. Abraço
Ivana

Novo alci disse...

Gostei do Post,eu ri com a capacidade de alguns,NOSSAA!!!
Parece q vc está brincando qnd cita os exemplos! kkkkk
Realmente,se as pessoas parassem um pouco pra analisar a quantidade de pessoas q pedem cortesias!:)

...sim,falar nisso,
tem uma cortesia aí pra mim não??
eu sei q vc tem!
Mais se vc não tiver,Igor mandou me dá!
kkkkkkkkkkkkkkkk
brincadeirinha!!!!!

Viva as promoções dos twitter's


Um Abraço!


Alcy Xavier

Amanda Kathyúscia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Amanda Kathyúscia disse...

"Igor não sei como você aguenta essas pessoas no seu pé atrás de cortesias...kkk
Você tá de parabéns pela sua paciência...adoro o seu blog e seu twitter.

tchau e tudo de bom !
bjs .