5/Destaque/slider

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Histórias que acontecem

Um comentário
Olá pessoal, como andam?

Vou contar uma história que acontece muito nesse ramo e contar como é o meu pensamento na hora de resolver esses problemas.

Terça passada teve show do Forró Pegado em Areia-PB. Aparentemente um show normal se não fosse o tratamento do contratante com a produção.

Vamos voltar um mês no tempo....

Final de setembro recebo um telefonema, era o contratante de Areia, querendo acertar uma data que não tinha dado certo em um tempo atrás. Sempre achei ele um cara gente boa e super disposto à fazer uma boa produção. Fechamos, conversamos bastante sobre como seria e ficou tudo acertado. Aí passei a bola p/ o produtor do Forró Pegado (Ítalo) p/ ele conduzir a pré e a produção.

Voltando à terça:
Quando dá 14h o contratante me liga p/ reclamar que Ítalo está dizendo que não toca no palco que está lá e que o nosso responsável pela bilheteria não estava concordando em uma possível mudança de planos nos valores das cargas de ingressos. Eu fui profissional e disse que não adiantava me ligar pois sobre aqueles assuntos quem resolviam eram eles.

Dica:
Se você designa alguma responsabilidade à alguém, deixe essa pessoa tomar as decisões necessárias e não fique se intrometendo e tirando "a moral" dela não!

Aí, ele desligou e já senti que ele não era tão profissional quanto parecia. Bom, Ítalo me ligou e Clóvis (responsável pela bilheteria) também, o que disse à eles foi que agisse da melhor forma p/ não comprometer a banda, já que estávamos à horas do show e o público não tinha culpa nenhuma.

À noite peguei o motorista e fomos p/ Areia-PB. Fui dormindo. Quando cheguei lá, o ônibus da banda já estava lá e o comentário entre a banda era que não tinha estrutura nenhuma p/ um show. Palco caindo aos pedaços, baixo, não tinha camarim, pouca segurança. Aí filtrei tudo e fui lá no clube ver pessoalmente. Resumindo, horrível.

Eu disse ao pessoal da banda que íamos fazer em respeito ao público e chamei o contratante p/ saber o que havia acontecido. Dentre desculpas esfarrapadas e alterações de voz, como nada adiantava mesmo, preferi acalmar as coisas e colocar a banda p/ tocar. Como sempre faço nessas situações, pedi ao nosso segurança que chamasse alguns policiais de plantão p/ ficar perto da banda até a saída do clube. Precisamos sempre manter a integridade de nosso pessoal. Prometi um agrado e tudo deu certo.

Moral da história:
Pré-produção bem feita ameniza esses problemas em 90% e contratante preguiçoso, mesquinho e fraco de produção sempre vamos encontrar.

Obs.: Pessoal do Curso Básico de Produção, estou devendo o certificado de vocês ainda pois aconteceram muitas coisas e imprevistos nesse entre tempo, mas vocês iram receber, divulgarei aqui no blog o dia;

Obs.2: Essa semana divulgarei o ganhador do prêmio de melhor comentário, que ganhará o "Manual do Direito do Entretenimento";

Obs.3: Demorei a postar nesse mês que passou mas estou de volta com tudo, contando o acontece e ainda mais o meu dia-dia!
author profile image
Abdelghafour

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

Um comentário

Jully Barreto disse...

É por isso q sou leitora assídua. rsrs
Esse blog virou meio que o "manual prático" de produção. Adoro! Aprendo muito vindo aqui...
beijos