5/Destaque/slider

sábado, 5 de setembro de 2009

Sexta feira de produção

2 comentários
E aí galera, bele?

Hoje eu amanheci muito bem. Quer dizer não amanheci não, eu entardeci, kkkk, acordei por volta de umas 12:30h um pouco cansado de ontem mas com o sentimento de dever cumprido. Essa sensação é muito boa.

Tudo começou quando cheguei em casa do evento que realizamos (Viva Ideia) em Alhandra-PB dia 29.08.09. Show do Pegado e de Ranniery aberto ao público em praça pública. Já acordei no outro dia organizando esse de ontem. Ligações p/ marcar horários dos serviços de palco, som, camarim, bandas, divulgação e produção em geral. Tudo marcado, mandamos um pessoal p/ Pedras de Fogo-PB e região p/ colar os cartazes e dar uma força na divulgação. É verdade que muita coisa apareceu de última hora e que algumas delas precisei dar uma modificada, mas trabalho de pré feito vamos p/ Pedras de Fogo. Acordei às 6:30h, banho, café e rua. Resolvi algumas coisas antes de sair e depois, estrada. Por volta das 9h estava lá.

1º problema: O encarregado pela estrutura de palco e camarim havia me dito por tel que iria montar um dia antes, não foi. Quando estava chegando liguei p/ ele e ele disse que não teve como montar um dia antes mas que já estava montando e que já estava na metade. Nada disso, cheguei de surpresa e o pessoal ainda estava descarregando. Fiquei manso!!! Dei logo uma dura e fiquei no pé. O pessoal da empresa de som estava lá no horário marcado, um exemplo de empresa "Impacto Som". Liguei p/ o produtor do Capim, Diogo Coelho meu brother, p/ avisar do atraso, mas mesmo assim pedi que eles chegassem no horário marcado.

1ª ação: Palco encaminhado fui atrás das rádios da cidade com o parceiro local. Fui em duas rádios, uma em Itambé-PE e outra em Pedras de Fogo-PB. Pausa p/ falar sobre isso. P/ quem não conhece o local, essas duas cidades são separadas apenas por uma rua, ou melhor pelo meio da rua. É engraçado, atravessou, está em PE, voltou está na PB. O palco foi montado na PB, kkkk, só de um lado da rua. Voltando, consegui que divulgassem o evento nas rádios e marquei uma entrevista por tel com Yegor Gomes (cantor do Capim). A entrevista não deu certo, pois os locutores das rádios não atenderam o tel, kkkkkk.

Voltei ao local, o palco já estava bem encaminhado, som começando fui ver a pousada e organizar o almoço da equipe téc. do Capim. Reencontrei a galera, almoçamos e fomos p/ o palco montar o equipamento. Já eram 14h quando a equipe começou. Instrumentos e iluminação. Capim passou tudo em 3h. Ranniery chegou às 16:50h e já foi passar seu som. Menos equipamento que o Capim, e mais tranquilo. O som dos cubanos foi salvo, pois solicitei durante a semana duas M7 da Yamaha, mesa digital que nos proporcionou um auxílio grande na gravação da passagem de som. Só p/ terem uma ideia, economizei uns 20min na troca das bandas.

Tudo pronto, fui levar o Capim p/ jantar e tomar um banho na pousada local. Tomei um banho rápido e voltei p/ o palco. Enquanto esperávamos o público chegar, ficamos conversando, eu, Ranniery e Bruna (responsável pelas fotos do evento). Conversamos sobre essa nossa vida de correria, de estrada e Ranniery estava falando como é complicado um relacionamento de namoro nesse meio. As pessoas que namoram um músico, um produtor, um cantor tem que ter a cabeça muito boa se não, vão viver brigando. Confesso que é complicado, mas tudo tem um jeito. Depois vou escrever um post só sobre isso.

1ª curiosidade: Segurei Ranniery o máximo que pude p/ ele não começar o show sem público, mas às 20:30h ele começou. Pouca gente na praça, mas isso tem uma justificativa. Falei p/ a empresa que nos contratou, que em cidade de interior o pessoal costuma só sair de casa depois da novela das 21h, por volta das 22h. Um ponto curioso mas que nos reforça a ideia de que quando formos fazer um evento em que não seja na nossa região, procuremos estudar os costumes locais.

Yegor chegou, me perguntou se estava dando tudo certo (pois o evento era de nossa responsabilidade - Viva Ideia) e o show do Capim começou às 22:10h. Com a rua lotada o Capim tocou 5 músicas e deu uma parada p/ o Governador Zé Maranhão fazer um discurso e inaugurar o sistema de abastecimento local.

2ª curiosidade: O que rola no backstage enquanto isso acontece? Bom, muitas coisas. Paquera entre pessoas que tem e não tem haver com o evento, conversas sobre música, tiração de onda entre a galera das bandas, compositor chegando p/ mostrar música a Thiago Amorim (Viva Ideia) p/ o Pegado, comes e bebes e muito mais.

1º pensamento: Uma hora do show parei ao lado do side, na frente do palco e, enquanto Yegor cantava, eu vendo as pessoas doidas pela sua performance, vieram alguns pensamentos: Olhei um pouco p/ trás, no começo da Viva e consegui enxergar um crescimento espantoso. O quanto nós crescemos e o volume de trabalhos que temos hoje. Só p/ resumir, hoje em dia recusamos muitos trabalhos por acreditar que precisamos fazer apenas o que damos conta, p/ poder fazer com qualidade. O sentimento de felicidade e tranquilidade de saber que quando fazemos com amor a gente chega lá, sem pisar em ninguém e sem querer se vingar daqueles que de certa forma nos prejudicou.

Voltando a relidade, o show recomeçou às 23:30h e foi um super show, esse meu sócio é foda no que faz, sempre deixei claro que sou seu fã. Terminou às 00:20h pois o Capim tinha outro show em Itabaiana-PB. Tudo deu certo demais. Ficamos no camarim conversando um pouco, depois a banda teve que ir e eu fiquei um pouco p/ desenrolar o final de tudo.

Missão cumprida e o próximo evento já começou....
author profile image
Abdelghafour

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

2 comentários

tatygadelha disse...

Muito bom o show de Capim Cubano, fazia um bom tempo que não os via...Obs. interessante: Pra quem estava lá e só viu o resultado...nem imagina todo esse trabalho que vc teve, né!!!
Por isso acho interessantíssimo seus relatos aqui no blog.
Sim...tô lembrada do brinde da intruza, viu!!! rsss...

"Em nome da Viva Idéia Entretenimentos!!!"

Deseja a vc's a continuidade desse sucesso que estão conquistando!!!

Igor Kawabe disse...

Valeu Taty, obrigado pelas palavras q sei q são sinceras!!!!