5/Destaque/slider

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Explicando ao Fisco

Nenhum comentário
Já tem alguns posts que eu escrevi sobre divulgação com cds promocionais. Mas vou falar mais um pouco sobre eles, só que por outra visão.

Temos uma produtora e na produtora tem várias bandas. Estamos sempre enviando e recebendo material que na maioria das vezes é o próprio cd promocional. Esse material por sua vez tem nota fiscal, claro, mas o problema não é a nota.

O que é que acontece?
Acontece que todo produto que entra em um estado é fiscalizado pelo fisco estadual. E todo produto, na maioria das vezes, já pagou o imposto na fonte e só passa pela fiscalização p/ carimbar e alguma conferência. O problema é que nem todo mundo gosta de fazer o certo e aí vem os espertinhos. Eles não pagam os impostos (que na verdade são altos) e estão sempre querendo fugir da fiscalização.

Mas qual o pró?
O pró é que quem faz o certo paga pelos errados. A gente sempre tem uma certa dificuldade de trazer e enviar material promocional, porque precisamos explicar e convencer ao fisco de que não é p/ venda. Que além de ter na capa "CD PROMOCIONAL, VENDA PROIBIDA", a realidade é que hoje em dia, principalmente no Nordeste, ninguém ganha dinheiro com venda de cds. Eles viraram instrumento principal de divulgação.

Qual o custo?
O custo varia muito de fabricante p/ fabricante, mas posso assegurar que vem baixando a cada ano e que fica na casa dos centavos a unidade.

Quantidade!
Esse é o maior inimigo p/ convencer os fiscais de que ele é p/ doação e não p/ venda, porque é sempre de 10 em 10 mil, 20 em 20 mil. A pergunta mais frequente é: "Você vai consumir 10 mil cds????", ou melhor "vai dar isso tudo?", kkkkk, é dificil de acreditar mesmo, só sabe quem tá nesse meio.

O Fisco
O Fisco na verdade está correto e faz o seu papel muito bem feito. O problema vem dos fraudadores e contrabandistas, que criam esse vício e prejudicam os que agem correto. Com todos os problemas que enfrentamos agradeço muito ao pessoal do Fisco Paraíba por entenderem e acreditarem em nossa realidade. Realidade essa revelada e provada por a +b que fazemos o certo!!!

Como acontece?
Quando o material chega o fisco apreende e nos liga. A gente vai lá e explica a situação. Pode ser liberado ou pode ser aplicado um imposto. Por sua vez esse imposto pode ser calculado no valor da nota ou eles podem até desconsiderá-la (a lei permite) e pegar um valor de mercado local p/ montar o valor base de cálculo, e aí sim aplicar o imposto. Ele pode desconsiderar a nota porque o engraçadinho pode muito bem comprar uma nota fria, entenderam? Depois de todo  procedimento cumprido é que liberam o material. Imagine se a gente fizer isso todo mês, no mínimo o Fisco vai desconfiar, não vai? Por isso que é fogo p/ a gente.

Mais uma dos bastidores de produção que acontece no dia-dia de uma produtora e de uma banda que muitos não vêem!!

Pensamento: "Quando depois de várias quedas tudo vai indo bem e você pensa que agora vai....... e aí vem outra de repente e lhe pega de jeito, não desanime, você é um guerreiro. Porque se não fosse você tinha ficado nas primeiras quedas..."
igorkawabe - Doido é doido é rocha pode crer!
author profile image
Abdelghafour

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

Nenhum comentário