5/Destaque/slider

domingo, 13 de abril de 2008

Como chegar até o artista...

4 comentários

Que os produtores do brasil não leiam isso, kkkkkkkk. Pois eu vou ensinar como uma pessoa normal, sem vínculos nenhum em um evento consegue disfarçar e chegar até um palco, camarim, bastidores...

1 - Em muitos eventos o produtor geral não reúne todas as equipes (como seguranças, produtores, coordenadores, assitentes) p/ dar as coordenadas. Ele deveria reunir todos para dar as diretrizes. Dentro dessas diretrizes está a informação de quem está habilitado à transitar em determinadas áreas, na maioria das vezes apresentando o crachá oficial do evento;
2 - Não feito isso, os coordenadores de palco, camarim e os seguranças não adivinham quem é quem. Primeiro porque eles não conhecem todo mundo, segundo porque aparece de tudo, como:
- Artistas abusados: Se forem barrados eles viram bicho e desce a lenha em quem o barrou;
- Eventos tem vários donos, e eles erradamente não usam crachás nem identificações.
   Errado pois os seguranças muito mal conhecem os produtores, com quem tem contato;
- Muitas pessoas trabalham nos eventos, em que na maioria são parentes e amigos dos                   donos.
- Entra e sai de imprenssa e fã clubes;
- Até mesmo aqueles seguranças que não trabalham sério, não fazem o que se pede e as 
  vezes recebem uma bolinha;
3 - Hoje em dia surgiu uma moda de sites. São sites de música e fotos que em sua maioria não são profissionais, cada um com umas 5 pessoas, que fazem uns crachás e com uma digital amadora ficam enchendo o saco do produtor para entrar e bater fotos;
4 - As estruturas nem sempre são organizadas oferecendo acessos com as falhas de disposição, tornando-se vulneráveis;

Bom, existem bem mais coisas, mas dei uma resumida. Quando estamos de fora temos outra visão, pensando que tudo está bem organizado, tudo está perfeito. Mas não é bem assim e falo por experiência própria, tanto por ter sofrido com toda essa desorganização na época que era produtor de banda, como por ter usado desse conhecimento para entrar em certos bastidores de alguns eventos, quando não achava o produtor. Já passei várias vezes por produtor do evento, em eventos que não era meu, mas o segurança não sabia nem quem era o produtor, aí eu dava as ordens e coordenadas para nossa área de backstage não virar bagunça e minha equipe ter condições de trabalho.

Então, você que gosta de tietar e/ou que quer conhecer aquele seu artista favorito, seu ídolo não se preocupe. Eis a solução, ou melhor a fórmula:

1 - Procure saber qual o próximo show, e o loca mais perto de você;
2 - Mande fazer um crachá (que pode custar de R$ 5,00 à R$ 15,00) com algumas informações básicas com: Um nome e sobrenome difícil e bonitos, o nome do evento, a marca da banda e bem grande PRODUTOR;
3 - Procure usar calça jeans, tênis e camisa básica preta;
4 - Procure pendurar algumas coisinhas no pescoço ou até usar uma mochila;

Passo 1
Escolha e analise o melhor o acesso, a porta, o portão a abertura por onde vai ser o "burle".

Passo 2
Feche a cara, coloque o celular no ouvido e ande bem rápido em direção ao segurança. Quando estiver chegando bem perto dele fale alto coisas do tipo: "- Não, não!!! Eles estão atrasados. Me espere aí, que já estou chegando!". E continue andando, mesmo que ele por acaso lhe chamar, não dê atenção. Caso isso aconteça aumente o tom de voz, fique bravo.
 
Passo 3
Primeira barreira passada, continue sempre com o celular no ouvido, p/ dificultar o acesso das pessoas até você. Procure o camarim, ou entrada para o palco sem demonstrar cara de espanto e curiosidade. Sempre de cara feia.

Passo 4
Ao achar o local da mina do tesouro, não vá com muita sede ao pote. Fique um pouco distante e analise o passa-passa, o entra e sai, o comportamento das pessoas. Como elas entram, como elas saem, suas atitudes. E após alguns minutos...

Passo 5
Vá em frente e encare. Se for no camarim, entre bem tranquilo ainda no celular e encerre a ligação assim: "- Já estou indo, fique aí organizando até eu chegar que eu vim no camarim falar com o pessoal!" Já lá dentro, cumprimente todos e fale que é um prazer tê-los em sua cidade, deseje boa sorte, pergunte o que eles acharam da cidade, do evento. Converse um pouco, diga que vai estar no palco assistindo o show, bata as fotos e vá para o palco.

Passo 6
No palco faça do mesmo jeito, entre falando no cel e fique em um cantinho, não fique na passagem (produtor odeia). Sempre de cara fechada, e não fique com cara de assustado, curioso, bôbo. Encare como se aquilo fosse familiar. Bater foto apenas na hora de ir embora.

Passo 7
Nos corredores, nos bastidores, no palco, seja onde for, faça amizade com alguém da imprensa ou que você note que seja influente sem ser produtor do evento.

Dica
Caso você note que alguém lhe dedurou, que o produtor ou segurança está vindo lhe tirar atenda o celular e fique muito bravo, brigue um pouco e vá saindo, saindo, sem que seja preciso ser retirado. Caso seja alarme falso, não seja com você vá se acalmando, desligue o celular e continue a missão.

Imagem: Foto de um segurança dormindo!

Bom, parece difícil, mas confie que é bem tranquilo. Desculpem produtores de eventos mas isso serve para que se organizem e façam eventos por amor, e profissionalmente e não por status e visando apenas o dinheiro!

Tenho dito!!
author profile image
Abdelghafour

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

4 comentários

Thiago disse...

Nossa Japa, foi demais esse post. Demais mesmo, agora o hilário vai ser se um dia te pegarem usando sua fórmula do acesso"!!! KKKK vai ser muito engraçado, mas o pior é verdade, vc tem toda razão, hoje a maioria dos eventos é tudo feito nas coxas, as pessoas esquecem de que o mais importante para um sucesso de um evento não é so o lado financeiro, mas sim o público sai feliz com gostinho de quero mais!!! Muito bom, parabens!!

Igor Kawabe disse...

Valeu cara, eu também me diverti muito escrevendo e lembrando de algumas situações que passei e presenciei!

Sabrina Roriz disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Eita Igor penso to bolando de rir aqui, aff, olhe que se eu soubesse de todas essas inforções preciosas ah teria usado mesmo!!!!!

E outra lembro da cara de bravo q vc fazia quando alguem não autorizado entrava nos bastidores.
kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

aff os produtores quando lerem isso vão querer te matar viu!!!!

beijo Japa e Saudades da sua cara de mal rsrsrsrsr

Igor Kawabe disse...

Beijo Sabrina!!!