5/Destaque/slider

quinta-feira, 6 de março de 2008

A música corre nas minhas veias...

4 comentários



"Construção" de Chico Buarque, música japonesa, italiana, tudo começou com minha mãe me apresentando à uma das mais belas e expressivas artes, capaz de unir países rivais, aproximar pessoas, fazer o amor, a paixão, dar forças, fazer chorar, acalmar...
Daí foi paixão, sempre! Uma relação de amor com altos e baixos porém sempre leais por ambas as partes.

A música corre nas minhas veias, pulsa meu sangue, impulsiona meu coração, oxigena meu cérebro, me dar forças e me faz chorar. Porque chorar? O quanto vale chorar? Aquelas notas em tons menores, porque tão tristes? Dá um aperto no coração. Lembro das minhas paixões, lembro dos grandes momentos lembro de tanta coisa. Do meu bairro, da minha mãe, minha vô, meu pai,minha família, meu amor, meus amigos, meu time, meu colégio meu passado, meu eu!

Mas ela muda como a rádio e logo se faz mais feliz, mais alegre, mais gostosa, bem a sua cara, ou melhor seu som. Ela nos faz dançar, nos faz voar, nos faz agir. Ela instiga, corre nas veias como se fosse pimenta. Passei dias sem dormir, horas sem comer por sua causa, no trampo, na guerra do mundo. Fábrica de adrenalina que faz superarmos qualquer desafio, meu olho abre, "sangue no olho"! Pode vir o trem!

Mas ela muda como o mar. Aí ela acalma, ela "aqueta", ela "amansa". Ela toca no mar, toca nas ondas, ela tá na praia, às 4h da tarde. Me atrai, me leva. Só depois me devolve. Tranquilo.

Mas ela muda como as rosas. Aí ela desabrocha, ela abre, ela apaixona. Perece que quer arrancar o coração. Anestesia as pernas, pernas bambas. O olho limpa, brilha, fecha um pouco, fala por si e por ela. Planta paixão, colhe amor. Aproxima as pessoas, nos aproxima.

Mas ela muda como o mercado. Nos alimenta, nos engorda, nos ensina, nos trata. Nos ocupa por dias, meses, anos.... uma vida. As vezes acho que mais de uma. Acho não, tenho certeza.

Música corre nas minhas veias. Devo tudo à ela. Sou grato à ela. Admiro a música! Mas minha intimidade me deixa chamá-la de tu, vc!

Veio crescendo com o tempo, Construção, Balão mágico, Rap do Silva, Hino do Corinthians, Exaltasamba, Belo, Bob Marley, O Rappa, Titãs, Iron Maiden, Silver Chair, Rick Marty, Damien Rice, Jack Jonhson, Ben Harper, Pink Floyd...

Meus amigos são seus filhos, são seus amigos, são seus alunos.
Estamos todos acorrentados à ela... nosso fim... nada de nosso fim... nossa música. Música corre nas veias!!!!!!!!!!!

Música corre nas minhas veias!
author profile image
Abdelghafour

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

4 comentários

Thiago Amorim disse...

Ótimo Japa, muito bom, nosso combustível e nossa inspiração!! A música me lembra até de cheiros e de gostos, ela entra na alma como uma lança perfurando e invadindo, corre nas veias como o sangue e nos satisfaz com oo sexo!!! Isso é a música, a linguagem da alma!!

Angela Souto disse...

Parabéns pela lucidez de suas idéias!

Sabrina Roriz disse...

Se essa musica que corre nas suas veias estivessem nas veias de quem faz musica, seriamos um país muito mais "afinado", tenho a certeza que viver de musica não seria tão ruim, pelo contrario seria um prazer.

Seu blog está cada vez melhor.
Parabéns e sucesso sempre.

Igor Kawabe disse...

Obrigado Sabrina!
Quero também que façam críticas p/ melhoria contínua.