5/Destaque/slider

terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Pensamento

Um comentário

Na maioria das vezes levamos a vida pensando sempre em alcançar um grande objetivo, uma certa conquista. As vezes essa luta vira uma obsessão, começamos a só enxergar o certo objetivo, que na maioria das vezes está diretamente ligado com o dinheiro. E de repente, não se ver mais nada, o que entrar no caminho será destruído. Mas é aí que começamos a perder e cada vez mais. Perder amigos, familiares, e o prazer das simples coisas da vida.

O que quero dizer não é que não devemos lutar pelos nossos objetivos. Devemos lutar por tudo, insistir não desistir. Mas a visão do que está ao nosso redor tem que estar ativada e ser levada em consideração. Devemos seguir nossos objetivos fazendo o bem e ajudando à quem precisa. Dar valor as simples coisas de vida, como um banho de mar, como passear com seu cãozinho. Ajude as pessoas carentes não só com dinheiro, um sorriso as vezes não tem preço.

O mundo vem pedindo ajuda à algum tempo. Vem esquentando, vem crescendo demais, vem descongelando, cada vez menos verde. Só depende de nós, ou melhor, ainda depende de nós!

Fonte da imagem: Mongabay.com
author profile image
Abdelghafour

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

Um comentário

Tereza Prestrelo disse...

Você tem razão, Igor... E como tem!
O mundo anda se afastando cada vez mais das coisas simples que nos cercam e que, na contramão do que se julga importante, é justo o que faz diferente a nossa vida.
É que o dinheiro tem uma importância insaciável. E o querer mais tem dimensões incontroláveis.
Mas, um belo dia a gente descobre que tudo são partes, nada é o inteiro, e passa a olhar o conjunto considerando a importância de cada detalhe que compõe a nossa vida.
Fico feliz por sua inteligente percepção.
Abraços.