5/Destaque/slider

segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Shows em interior!

6 comentários
Show em interior tem dois lados. O bom e o ruim claro!

O bom
O pessoal do interior tem um calor humano fora do normal. Na maioria das vezes são muito receptivos e atenciosos. Sempre quando chegamos é, de certa forma, como se tivéssemos chegando em casa, por todo esse clima. Comida e acomodações caseiras, pessoas com atitudes menos formais e mais espontâneas. A produção é feita toda pela família do contratante, a mulher paga, a filha organiza o camarim, o filho faz a produção de palco...

O ruim
Mas quando a noite cai, que chega a hora do show..... É um Problema!
Um bom produtor já organiza o palco com fita, cases ou caixas formando uma barreira p/ as possíveis pessoas que assitam o show de cima do palco. Show foi feito p/ assistir de frente, mas é impressionante como todo mundo quer estar lá em cima. Uns querem aparecer p/ que os outros vejam que ele conseguiu subir, outros querem descarregar o memory card de tantos gigas todinho lá, outros querem abraçar o cantor ou a cantora toda hora e assim vai. Mas o problema é que todo mundo é parente do prefeito ou do contratante. Escutamos as piores desculpas possíveis, e eles pensam que a gente engole: "Eu sou primo do irmão, do cunhado, do contratante e ele disse que era p/ mim ficar aqui p/ ver se vcs precisam de algo!" E o pior são aquelas 2mil pessoas com uma câmera digital, um crachá feito em casa dizendo que é do site balada "num sei o quê", balada isso, balada aquilo... E tem mais, sempre na pré-produção frisamos isso p/ o contratante, e toda vez ele garante que não vai subir ninguém. Por mais que vc organize, fale com o contratante, coloque um segurança, sobe gente. Nossa missão aí é deixar o mínimo possível de pessoas, fazer aquela barreira antecipada, e não permitir que essas pessoas atrapalhem o show.
Mas p/ não pensarem que todo produtor é chato, vou explicar o porquê de não poder subir no palco: 
1- Palco foi feito p/ banda e quem faz ela tocar;
2- As pessoas podem quebrar os equipamentos ou até mesmo cenário;
3- Podem atrapalhar a performance do músico;
4- No palco ficam muitos cabos e fios e as pessoas que não conhecem podem desligar alguns sem querer e o pior, tomar um choque como já aconteceu várias vezes;
5- Podem cair de cima do palco;
6- Na correria dos roadies eles podem machucar quem tiver no meio e aí pense numa dor de cabeça. É um tal de "Vou processar!!!!!!!!!!"; 

Eu cheguei a conclusão que devemos criar um troféu. "Maria João Palquinho" p/ presentear toda essa galera!

Obs.: Não podemos generalizar, pois já aconteceu de alguns lugares ser totalmente diferente!

ojapablog@terra.com.br
author profile image
Abdelghafour

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

6 comentários

Rafael disse...

Faaaala Japa,

rehh, nem sabia que eu seria o primeiro a comentar em seu blog, mas vamos lá. Essa questão de gente em cima do palco é foda, eu sei que sempre fui chato e sempre que possível eu dava uma passada lá em cima pra tirar umas fotos do show, mas sempre tive receio de subir pq sei o quanto é chato para a produção, embora eu nunca quis abusar muito.

Fui a um show essa semana, meu amigo...tinha mais gente em cima do palco do que la na frente, putz...um monte de muié querendo aparecer, eu fiquei o tempo mínimo lá em cima e voltei pro meio da galera pra fazer as fotos lá debaixo mesmo. Mas sobre esse trofeu ai que vc comentou...eu axo q ganharia um :P

Abração Japa! muito maneiro esse blog, vou "favoritar" pra sempre dar uma passadinha aqui.

P.S.: Pode ser que vc nem lembre de mim, mas eu vivia abusando vc na epoca do CC, o Rafarazzo (segundo Leo Noronha ¬¬")

detinha es fuego disse...

Bom Japa, estou aqui só pra deixa uma presença no seu blog...
pra vc lembra quem sou,eu add a renata um dia desse só pra deixa um scrap pra vc e sou aquele menina da carta do festival de verão do recife 2007 que vc me deixou entrega a carta a yegor no palco isso jamais será esquecido viu,me faz lembra como vc é muitoo gente boa,já te adorava depois disso sem comentarios...
Beijos!!!
sempre que der dou uma passadinha aq ta certo...
=****
Detinha es Fuego=D

eponine disse...

Olá Igor!!!
Muito bacana esse seu espaço! Não conhecia,mas agora serei leitora assidua das suas postagens! Além de ser um espaço pra você falar sobre a sua profissão e experiencia é também, pra nós que agora estamos mais longe ainda de você, uma forma de estar mais próximo!
Muita sorte e luz no teu caminho e Deus no teu coração!

E sobre a postagem, eu so digo uma coisa pra quem admira qualquer banda o mais emocionante é assistir o show do meu do tumulto! A emoção é bem maior!

Beijão pra você diretamente de Fortaleza!

Eponine Araújo!

Tereza Prestrelo disse...

Muito oportuno o tema que o Seu Igor Japa Coreano resolveu encetar neste blog.
Estava na hora de alguém abrir uma discussão saudável em torno da missão do produtor de shows e assemelhados.
Aos leigos, vai ajudar a entender as dificuldades e stresses de quem comanda o espetáculo na base.
E a forma como ele vem abordando as questões, com simplicidade e clareza, merecem um registro especial. São provas irrefutáveis da competência e discernimento do autor.
Quem já ouviu falar nele sabe que é um autoridade em sua missão, e que, como poucos, soube fazer amigos ao longo da sua trajetória, ainda que sendo um produtor jovem e nordestino.
Eu gostaria de parabenizá-lo pela brilhante iniciativa.
Não demora muito e este espaço se tornará um espaço agregador de boas experiências na carreira de muitos brasileiros que tiveram a coragem ou o destino de trilhar esse caminho profissional.
Parabéns, Seu Japa Corajoso da Silva Kawabe!

giu disse...

Ola Igor!!!
Primeiro parabens pelo blogger.
Uma oportunidade que vc nos da de poder entrar em contato contigo sempre.
Estou aqui em nome do fã clube de Natal(Las(os) Bandoleras(os)) agradecendo a vc por tudo que fez por nós.

Felicidades,tudo de bom.
Sucesso.
Bjs.Giuliane.

Igor Kawabe disse...

Gil, que bom que está acessando, fico feliz. Continue dado apoio a galera lá. Beijos!!!